quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Meu chefe, sobre as bibas:

"Veja que eu até sou um cara à frente do meu tempo, eu entendo a homossxualidade. Se o meu filho fosse homossexual eu iria amá-lo do mesmo jeito que amo hoje. Não acredito que isso seja uma opção, é mais uma condição de cada um, não tem como mudar, e ..."

é interrompido pelo meu colega

"Mas e se ele for colorado?"

"Daí eu dou uma tunda de laço, pra largar mão dessa frescura e virar homem de verdade"

Um comentário:

luana disse...

hahahahahaha adorei essa!