sábado, 20 de fevereiro de 2010

CARTA PARA DEUS

GERalmente em minhas orações eu peço por alguém. QUase nunca peço por mim mesma. Agradeço sempre.

Agradeço pelas oportunidades que eu tenho na minha vida, pelo conforto que me foi dado por merecimento, pela família, pelos meus amigos maravilhosos. Pela comida de todo dia, pelas roupas, por poder escolher livremente as minhas atitudes, as minhas vontades.

Quando eu peço, quase sempre peço por alguém.

Peço que Deus dê iluminação na cabeça da minha irmã, que ela dê mais atenção as crianças lindas que foram predestinadas pra vida dela. Peço que a minha mãe seja mais pacienciosa e menos áspera. Peço que o meu pai seja mais aberto, que seja mais presente na vida dos meus irmãos, que não ache que a única razão é a dele, que seja mais pulso firme com os filhos, que entenda que filhos pedem constantemente atenção, e carinho as vezes é demonstrado também como atitudes que repreendem atos errados e que amar também é dizer 'não' e principalmente que não há anda de errado em mandar fazer, orientação pelo caminho que se deve seguir é sempre melhor que 'deixar seguirem livres'. Geralmente filhos desejam de uma maneira inconsiente que sejam sempre orientados pelos pais.

Peço sempre também que dê saúde para minha madrinha, que ainda possa ver nessa vida os meus filhos crescerem, pq sem ela eu não sei o que será de mim. Peço também a Deus que a minha vó veja a minha formatura, que dê atenção ao bisnetos, e não só dinheiro.

Peço pela minha irmã, que ela saiba sempre que a melhor maneira dela conseguir conquistar o espaço dela e a independência, tmb é a única maneira...é estudar sempre e sempre e sempre, pq isso é a única coisa que niguém tira da gente. Rezo pra que ela se cuide, rezo quando ela sai de noite e não durmo enquanto ela não chegar. Rezo pelas amigas e pela pessoa que dirige o carro que ela volta.

Sempre peço pelos meus afilhados e pelas respectivas mães. Pelo jeito, Deus, esses pedidos sempre chegam primeiro, porque parece que sempre eles precisam mais. Cada um tem ao seu lado sempre um anjo protetor que orienta e que ampara de tombos, de acidentes, de doenças e de mães desastradas mas muito amorosas. Que cada uma entenda sempre as necessidades diferentes de cada um de seus filhos, pra que possa ampará-los sempre.

Mas hoje Deus, só hoje, eu peço por mim.



Que ilumine a mão daquele médico. Que ele não tenha bebido no fim de semana, que o anestesista não tenha tomando um pé na bunda da mulher. Que a enfermagem esteja entrando para o seu plantão, que a assepsia dos materiais tenha sido feita corretamente, que eu esteja calma, que a minha mãe e a minha madrinha não fiquem brigando pela minha atenção, que tudo transcorra bem e que o meu guardião nem pisque o olho...


AMÉM!

3 comentários:

Agnes disse...

Amém!
Estarei orando para que dê tudo certo, que tenhas uma ótima recuperação.
Estamos contigo, torcendo para que renasça novamente com muita alegria em tua vida.
Beijos imensos de quem te adora e está torcendo muito por ti!


Agnes!

Fer disse...

Não ta ai na oração, mas eu sei que tu pediu: "e que a Fer vá todo dia la me visitar" \o/

Vai tranquila Lelétchi, que a torcida aqui ta forte.. tamo junto, xuxu!

Ah, até tirei a poeira do blog, só pra te deixar feliz! hahaha

então tá, te vejo no São Chico, assim que descobrir o nº do quarto =)

bjos bjos bjos!

Marcia Paula disse...

Não esqueça de contar tudo pra gente.Já disse antes: vai dar super certo lindona.