quinta-feira, 29 de abril de 2010

A escolha das maças

Acordei cedinho hoje, foimeu primeiro dia de voluntariado na Pequena Casa da Criança. Desci no mercadinho pra comprar duas maças. Passaria o dia fora, só tem pão em casa.

Tinha um homem lá comprando dois maços de cigarro. Pensei nas escolhas que eu fiz pra minha vida à partir da cirurgia, e de certa forma elas se materializaram nas minhas maças.



Um tempo atrás eu teria comprado um pacote de bolacha recheada para cobrir esse período de tempo que eu ficasse fora, sem sombra de dúvida. Hoje eu olho as melhores frutas, as mais coloridas. Mensuro o tamanho do mamão quando ele é cobrado por unidade. Procuro por rótulos 'sem gordura trans' e 'isento de sal'.

Desde sempre eu quiz fazer alguma coisa por alguém, e por mim também. Acho que a coisa mais valiosa que pude fazer comigo foi o processo de mudança que culminou na cirurgia bariátrica. Ela não foi um ato isolado, pode ter sido o maior, mas faz parte de um pacote bem grande.

Sempre e sempre eu quiz fazer voluntariado. Por isso me inscrevi em um programa de voluntariado pela Pastoral da Solidariedade lá na PUCRS. Estou ajudando as educadoras da Pequena Casa da Criança, que atende crianças da Vila Conceição. De cara assim foi bem chocante. Um professor faltou, a educadora que eu acompanhei estava com duas turmas. Vinte crianças que estavam viradas em demônio.

NEm por isso eu fiquei espantada. Tenho uns 11 sobrinhos e sei o quão ruim uma criança pode ser, ainda mais se estiver em um ambiente hostil, sentir-se ameaçada ou desafiada negativmente. A paciência dos educadores deve ser fundamental numa hora dessas. NUNCA alterar a voz, esse é meu lema. A educadora gritava freneticamente. Se fosse com a minha afilhada, ela entraria em prantos com toda certeza. Fiquei horrorizada. Não soube encaixar isso de uma forma menos dramática nesse post, mas não pude deixar passar.



Voltando as maças...

A mensagem que eu queria passar hoje é que todas nós, meninas do meu coração, devemos escolher pelas maças nas nossas vidas.

Escolher sempre as boas opções, as saudáveis e as que nos deixam felizes. Fazer boas ações conosco e com os outros, vivermos felizes, não discutir, dar o braço a torcer em prol da serenidade.

E mais uma semaninha termina...

3 comentários:

teste da graziela braga disse...

Ai que lindo o fim do seu texto, amei e vc esta certa sobre as escolhas que fazemos. Parabéns !!

Letícia Holz disse...

Muito bem gostei muito de saber que vc está indo pelo caminho certo. Eu também fiquei bem mais seletiva na hora de fazer minhas escolhas de alimentação. Adoro viajar na parte das frutas e iogurtes quando vou ao supermercado. E quando vou pegar pãesprocuro os mais saudaveis. Aque´les corredores de guloseimas e bolachas nem perco meu tempo passando pois não sinto vontade de pegar.
Beijos e bom findi!!!!

llq disse...

Possibly the most amazing blog that I read all year dresses with sleeves!?!